OBSERVANDO

Wellington Medeiros (*)

welingtonmedeiros@bol.com.br 


 

Dr. PET

            Wellington Medeiros*

 

A primeira impressão para quem assiste o quadro Dr. Pet inserido semanalmente no programa “Domingo Espetacular” da Rede Record é de que se trata de um médico veterinário. Na verdade, Alexandre Rossi, que atende pelo apelido de Dr. Pet é formado em Zootecnia, ciência que atua pari passu com a Medicina Veterinária, atividades conduzidas paralelamente pelo mesmo Conselho profissional em níveis federal e estadual.

Zootecnista, mestre em psicologia pela USP e especialista em comportamento animal pela Universidade de Queensland, na Austrália, Alexandre Rossi percorreu o mundo – Irlanda, Portugal e África do Sul – desenvolvendo pesquisas, estudando e trabalhando o comportamento dos bichos das diversas espécies, entre as quais elefantes e cangurus.

Cachorros que destroem sapatos, entre as quais elefantes e cangurus bichos dfostra de forma tranquila tos casos, pequenas dicas podem fazer do animal de estim latem sem parar ou são agressivos podem se tornar um tormento para os seus donos. Mas, em muitos dos casos, pequenas dicas podem fazer do animal de estimação um companheiro bem-comportado. É o que prova o Dr. Pet aos domingos, quando mostra de forma tranqüila e divertida, como é possível transformar verdadeiras feras em bichos dóceis e obedientes.

O programa semanal da Record – em Natal, TV Tropical – dá uma visibilidade diferente ao tratamento com animais, especialmente os cães. Ao invés de mostrar um mundo animal violento, canibalesco e asqueroso, como a captura “engraçada” de bichos para demonstrar valentia e coragem, exibe na televisão cases envolvendo animais de estimação que apresentam comportamento agressivo, de uma maneira profissional e com profundo conhecimento sobre a vida dos animais.

Mesmo parecendo um comercial do Dr. Pet, que coordena em São Paulo a Organização “Cão Cidadão”, não é. Nem ele precisa. Foi a forma que encontrei para falar de uma instituição que neste mês de setembro também comemora uma data significativa: o Conselho Regional de Medicina Veterinária, emancipado há exatos 25 anos do Regional do vizinho estado da Paraíba. Presidido pelo médico veterinário Francisco Ferreira Lima – colega de trabalho na CEPA/IDEC/IDEMA - o CRMV-RN é uma trincheira de lutas dos médicos veterinários e zootecnistas.

Quem acompanha o trabalho do Dr. Lima, no quarto mandato à frente da instituição, sempre eleito pelo voto direto das duas categorias, sabe da dedicação e, sobretudo, atenção que dispensa a tudo o que se refere não só à fiscalização do exercício das profissões, bem como ao trato ou maus tratos envolvendo animais. Já o vi preocupado com o problema das carroças de tração animal, objeto de projeto de lei na Câmara Municipal de autoria do vereador Edivan Martins, o estímulo às ONGs que tratam de animais em risco, o problema do abate fora das normas nos Matadouros Municipais e a questão das zoonoses, doenças dos animais passíveis de transmissão ao ser humano, a gripe suína, por exemplo.

Este ano, teve o coroamento do trabalho que realiza há cerca de uma década, através do lançamento do Manual do Responsável Técnico, para o qual contou com a colaboração do Conselho Federal de Medicina Veterinária. É o reconhecimento da entidade máxima dos veterinários e zootecnistas pela ação articulada, através da qual tirou - como afirma - o CRMV das quatro paredes e o envolveu em parcerias entre as quais com o Ministério Público, no trabalho para melhoria dos matadouros e no Movimento articulado de Defesa do Consumidor – o MADECON.

Se o Dr. Pet ( pet em inglês significa animal de estimação) consegue dar visibilidade à profissão de uma forma criativa – no programa deste domingo provou que dois cães pitbulls podem conviver em harmonia com um gato - é bom lembrar que existem milhares de especialistas, como ele, no trato dos animais, formados anualmente em mais de uma centena de instituições públicas e privadas, no Rio Grande do Norte funcionando em Natal e Mossoró. Todos com o objetivo de cuidar de seres vivos que permitem histórias bem humoradas e provocativas como a de um médico veterinário que precisou consultar um médico humano.

Assim que chegou, após dizer a profissão, foi logo falando: “Eu, quando trato meus pacientes, sou obrigado a descobrir a doença sem fazer nenhuma pergunta. Experimente fazer o mesmo comigo”. O médico concordou e depois de um exame cuidadoso, sentou-se para redigir a receita, após o que falou para o colega veterinário: “Tome esses remédios. Se dentro de uma semana o senhor não tiver melhorado, sinto muito, mas vamos ter que sacrificá-lo”.

 

 

(*) Wellington Medeiros é Jornalista. 

. Artigo publicado também no Jornal de Hoje, edição de 28.09.2009

 

 

COLUNAS ANTERIORES

PAZ NO TRÂNSITO TÚNEL DO TEMPO AGORA É SEM LIMITE CARTEIRADA UNIÃO DOS CONTRÁRIOS EIN, AFINAL RESTAURADA OS DECANOS RESGATE ECOLÓGICO TRAGÉDIA E ÁLCOOL CAMINHO DAS PEDRAS MOMENTOS MÁGICOS O TRABALHO E A CRISE A SEMANA, A PÁSCOA E NÓS DANO MORAL DO PAPEL AO CD-ROM LINGUAGEM CELESTE LUTA DESIGUAL ORAÇÃO E METEOROLOGIA DIA DO REPÓRTER REALIDADE E FICÇÃO TEMAS EM PAUTA DIVALDO FRANCO O PODER FAZ AUTOCRÍTICA MUDANÇAS DE HUMOR O INSTITUTO DOS LUSÓFONOS HAJA SAUDADE NATAL DOS SONHOS DEBATE PELA PAZ ASSÉDIO LEGAL AS DIFERENÇAS CASOS DE POLÍCIA PERSPECTIVAS ENCONTRO COM O SILÊNCIO FIO DE ESPERANÇA A CAMPANHA E A LEI  AS ARIRANHAS E O JH LAVOISIER, ANOS 80 O REENCONTRO O PODER DO VOTO TUDO POR UM CLIPE CRIANÇA NO TRÂNSITO O DECÁLOGO ELEITORAL A CAMINHO DO CENTENÁRIO NO LIMITE DA PACIÊNCIA O PALANQUE E O TEMPO DÚVIDAS E RESPOSTAS A IRONIA DO SACRILÉGIO ESCOLA NA MEMÓRIA O BLOCO DO TEMPO MÉDICOS VETERINARIOS MEDO DE CHUVA TOLERÂNCIA ZERO VÉSPERA DE SÃO JOÃO RESSONÂNCIA MAGNÉTICA FATOS E FESTAS DENGUE E COMUNICAÇÃO A BATALHA DO BEM VIAGEM PRÉ-ELEITORAL A DERROTA DE TODOS ISABELLA E AS MÃES PROIBIÇÃO EM DOSE DUPLA POSSE E HOMENAGEM HISTÓRIA PASSADA A LIMPO DENGUE NO ROL DAS MAZELAS APESAR DE TUDO REFLEXÕES EM CLIMA DE FÉ NÓS E A INSEGURANÇA QUESTÃO DE TEMPO CBN 12 ANOS ESCOLA EM RECUPERAÇÃO JUSTIÇA E CIDADANIA RESGATE DO CARNAVAL TRÂNSITO EM MÃO ÚNICA CAMPANHA 2008 CARROÇA E MEIO AMBIENTE A FESTA E O RETROVISOR É NATAL! ESPAÇO 24/31 RAIVA LICEU, O BOM DEBATE A FAMA E O ÁLCOOL JH, DEZ ANOS O LIVRO DE AGNELO A LENDA E A LÓGICA PROGRAMA DE FINADOS GALERA DAS ANTIGAS O LICEU DE TODOS IMPÉRIO DA LEI O PERIGO MORA AO LADO NOVO RUMO SEMANA DO TRÂNSITO OS ANIMAIS E A POLÍTICA SINAIS DE ALERTA UMA ESCOLA E SEUS PARADOXOS O JOVEM E O TRÂNSITO PRESTANDO CONTAS GRITO QUE INCOMODA RABO DE FOGUETE THEODORICO - 104 ANOS OS HERÓIS E AS SEMELHANÇAS SEARA ALHEIA SERVIÇO PÚBLICO LICEU DAS ARTES CERCO AO TRÁFICO CAFÉ SÃO LUIZ O DEVER DE TODOS ÁLCOOL É POLÍTICA MARKETING RELIGIOSO O BENEFÍCIO DA DÚVIDA  A SEMANA DAS MÃES O MESTRE E A MÁQUINA O GRANDE GIBSON DO TWI AO GESPÚBLICA - O DIREITO E O TEMPO DE TEMPOS E TEMPOS DIA DE SÃO JOSÉ CRIME AMBULANTE  AS INTERNAUTAS DOS MALES, OS PIORES TEMPERATURA MÁXIMA ELAS E A LEI DESORDEM NO PROGRESSO FAÇA-SE JUSTIÇA WANILDO NUNES A PRECE DO POVO ATÉ 2007 FM, NOVO DESAFIO AS IMAGENS DANÇA NO GELO A PADROEIRA A VITÓRIA DE BABÁ SEMPRE VERÃO A FESTA CONTINUA CONTAGEM REGRESSIVA MATA GRANDE FATOS E VOTOS BOAS E MÁS NOTÍCIAS ASTRAL DOS CANDIDATOS ORTEGA E O VOTO DO LICEU AO CEFET A RETA DE CHEGADA BARRIGA DO ALUGUEL FOLCLORE ELEITORAL CLARICE PALMA DO BOATO À INTERNET LOCUÇÕES ELEITORAIS MEMÓRIA VIVA RÁDIO RDJ SEGUNDO TEMPO CEMITÉRIO DO ALECRIM OS AVANÇOS DA JUSTIÇA A SEMANA ANTIDROGAS É UMA FESTA SÓ DA NOSSA NATUREZA HORA DE DECISÕES OS COMERCIAIS ONDE ESTÁ O ATENDIMENTO? ALUÍZIO ALVES

Leia também a coluna Notícias, de Wellington Medeiros, no Site da Rede Tropical

 

TOPO

MENU

INDIQUE SITES

CIDADES DO RN

FALE CONOSCO