Gestos Humanos

gracamedeiros@terra.com.br 


02.06.2009

Al-Anon e a Dádiva da Serenidade

--- Graça Medeiros*

Fazer parte do Al-Anon - frequentar às reuniões, sair do isolamento, romper o silêncio, compartilhar (os medos, as angústias, os ressentimentos, a culpa, dores sentidas quase indescritíveis por palavras, mas reveladas nos olhos, que a Alma não esconde), pôr em prática a Programação sugerida, é uma forma de buscar a Serenidade que perdem todas as pessoas que convivem com alcóolico.

Al-Anon é uma Programação de Vida!

Fazer a Programação é reavaliar o modo de vida que está levando e  escrever uma nova história. É aceitar que cada pessoa só responde e determina os seus próprios atos. É reconhecer que é impotente frente à situação em que encontra, por exemplo, um alcoólico, no fundo do poço! É acreditar que mudando, cada um o seu foco, pode gerar mudanças para melhor no convívio – seja familiar, no trabalho ou como amigo, e assim recuperar pessoas...

A elucidação do comportamento estranho do alcoólico, o reconhecimento do alcoolismo como doença, a mudança de atitude, podem trazer de volta a dádiva da Serenidade perdida ao longo do tempo em que o álcool  passou a ser ou continua sendo o  Senhor de tudo.

Mas, a Serenidade requer perseverança, construção contínua, aceitação da imperfeição humana, paciência, tolerância e muito Amor!

Daí a necessidade de perseverar em Al-Anon!

---

*Assistente Social

------------------

ARTIGOS ANTERIORES

UM PRESENTE PARA CADA FILHO

ALCOOLISMO, DOENÇA DA FAMÍLIA

TRABALHO EM EQUIPE, CAMINHO PARA A REALIZAÇÃO

 

TOPO

MENU

INDIQUE SITES

CIDADES DO RN

FALE CONOSCO