Auto-hemoterapia - Outubro de 2010

Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos. Este espaço é dedicado à divulgação desta técnica, difundida pelo Dr. Luiz Moura, do RJ.


INFORMAÇÕES SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA, A TERAPIA QUE CURA ATRAVÉS DO SANGUE

1. DVD DR. LUIZ MOURA

2. MÉDICOS   3. PESQUISA   4. BIBLIOTECA   5. LINKS  

6. HISTÓRICO  


03.01.2011

PESQUISADOR QUER DOCUMENTAR A EFICÁCIA DA AUTO-HEMOTERAPIA

--- Walter Medeiros* e Ubervalter Coimbra**

O ano de 2011 começa com uma tarefa humanitária importante para os que usam e defendem o uso da auto-hemoterapia para enfrentar, curar ou ajudar na cura de inúmeras doenças. A tarefa é reunir todas as informações importantes sobre resultados comprovados da eficácia da auto-hemoterapia. A destinação dessas informações é um professor doutor em medicina que se compromete a defender o uso da técnica, com base nos documentos a serem coletados e disponibilizados.

Aquele estudioso, que ainda não se deve identificar para evitar perseguições que prejudicariam o seu trabalho, está determinado a formular a comprovação capaz de assegurar o acesso dos brasileiros ao uso regular da auto-hemoterapia. Ele defende a criação de uma Câmara Técnica sobre auto-hemoterapia, já que se trata de assunto abordado no âmbito das mais variadas instituições brasileiras, como o Conselho Federal de Medicina, o Ministério da Saúde, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o Supremo Tribunal Federal, o Conselho Federal de Enfermagem, e Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia e o Senado Federal, entre outras.

METODOLOGIA

O estudo desses documentos, para os quais o Conselho Federal de Medicina fez e continua fazendo vistas grossas, certamente será mais um passo importante para a conquista da liberação da auto-hemoterapia no Brasil. Até agora, o CFM vem impedindo o esclarecimento do assunto, chegando até a ameaçar punir o Dr. Luiz Moura pelo fato de ter detalhado com precisão didática um tema de interesse da humanidade. O uso da auto-hemoterapia veio sendo ignorado durante décadas, numa ação contra a saúde no mundo inteiro, com o propósito de aumentar os lucros dos laboratórios transnacionais com a venda de medicamentos que seriam, em muitos casos desnecessários, com a aplicação daquela técnica secular.


EM 2924 AHT JÁ CONSTAVA DE TESE DE DOUTORADO EM PORTUGAL

“Vamos lutar para manter viva a auto-hemoterapia no Brasil”, diz o doutor, que está analisando a metodologia a ser seguida no seu trabalho, para o qual deverá contar com grupos de voluntários que se responsabilizarão por atividades atinentes à pesquisa. A primeira grande meta é mostrar estudos que confirmem as curas de um sem número de doenças e, por outro lado, comprovem a total ausência de efeitos colaterais da técnica, para dar fim à falácia da Anvisa e do CFM a respeito da alegada falta de estudos sobre estes pontos.

RESULTADOS

O trabalho deverá ser realizado em outras áreas, para cancelar o falso argumento de ilegalidade da auto-hemoterapia, bem como do insustentável argumento do efeito placebo.  Para tanto, já existem, entre outros, o resultado da pesquisa Utilização do camundongo NOD (non-obese  diabetic) como modelo de estudo sobre e eficácia da auto-hemoterapia, de autoria do Dr. Flávio Alves Lara, mestre em Biociências e Biotecnologia, doutor em Química Biológica, assistente de pesquisa do laboratório de Microbiologia Celular do Instituto Oswaldo Cruz RJ; "Avaliação dos efeitos da auto-hemoterapia sobre a cicatrização e presença de leucócitos séricos em ratos wistar, de Célio Henrique Silva, leandro de Jesus Souza  e  Marianna Papa Martins, publicado na REEUNI - Revista Eletrônica de Enfermagem do UNIEURO, Brasília; e "AH X Herpes Zoster - Um estudo clinico feito pelo Dr Olwin do Hospital Presbiteriano de St. Luke, que reportou uma melhora significativa em portadores de herpes zoster, uma doença que causa seqüelas e ainda não tem tratamento satisfatório.  Nesse trabalho os resultados formam extremamente significativos, com  100% de ausência de seqüelas com evolução mais branda nos 20 pacientes do grupo tratado, contra uma incidência regular de dor e evolução arrastada no grupo placebo." Este último estudo é citado em http://www.saudecompleta.com/index.php/publicacoes-cientificas/publicacoes-cientificas/imunologia/auto-hemoterapia/ah-x-herpes-zoster.html e em 

http://www2.uol.com.br/vyaestelar/auto_hemoterapia.htm

São considerados também, inicialmente, o documento "Tratamento da esclerodermia doença auto imune através da auto-hemoterapia: um estudo de caso clínico”, publicado na Revista REFERÊNCIA, em sua edição - II Série nº 9, de Março de 2009. Trata-se de artigo da cientista brasileira Telma Geovanini, que é  enfermeira, e do médico, também brasileiro, Manoel Mozart Corrêa Norberto, sobre auto-hemoterapia. A Revista REFERÊNCIA é da Escola Superior de Enfermagem da Universidade de Coimbra, Portugal. Uma publicação científica indexada em CUIDEN PLUS, LATINDEX, CINAHL®, the Cumulative Index to Nursing and Allied Health Literature, e futuramente em SCIELO, com se anuncia"  no endereço http://www.esenfc.pt/rr/admin/conteudos/downloadArtigo.php?id_ficheiro=261&codigo= . O Dr. Stuart Hale Shakman cita 916 publicações cientificas que confirmam a eficácia da auto-hemoterapia no seu livro Autohemotherapy Reference Manual & Historical Review - autologous blood in the history and future of medicine: from bloodletthing to stem cells incorporating considerations of associated fields of autologous-vaccine-terapy and autotherapy", no endereço http://instituteofscience.com/autohemo.html  .

*Jornalista/RN – waltermedeiros@supercabo.com.br

**Jornalista/ES – ubervalter@seculodiario.com

 
 































DESUMANA NEGAÇÃO DO ÓBVIO

--- Walter Medeiros* – waltermedeiros@supercabo.com.br (09.01.2011)

O trabalho pela liberação do uso da auto-hemoterapia no Brasil deve observar, entre muitos outros aspectos, a manifestação de algumas poucas pessoas que são contra a técnica mas nunca apresentaram argumentos capazes de gerar nenhuma dúvida sobre a sua eficácia. Apenas fazem referência ao fato de não ter sido ainda enquadrado no que chamam burocraticamente de “comprovação científica”, invertendo a realidade. Na verdade, a ciência é que tem de comprovar o que já existe, ou seja, a eficácia da auto-hemoterapia na cura ou ajuda na cura de doenças.

Alguns argumentos publicados por pessoas que tomaram posição contrária à Auto-hemoterapia não admitem dúvidas e querem simploriamente que todos acreditem que a terapia não funcionaria. Não agem em nenhum momento com o intuito de esclarecer o assunto, mas tão somente para negar o óbvio. O fato é que a auto-hemoterapia funciona e os pesquisadores precisam comprovar isso dentro desse padrão questionável. A técnica vem salvando vidas e curando pessoas no mundo inteiro e isto, sim, é o fato, a realidade, a verdade.

No mínimo deveríamos ter três possibilidades: a auto-hemoterapia é eficaz e pode ser comprovada cientificamente; a auto-hemoterapia é eficaz mas não teria sido ainda comprovada cientificamente; e a auto-hemoterapia pode não ser eficaz em alguns casos, mas isso precisa, como defendem, ser comprovado cientificamente. Para começar, através da história acumularam-se milhares de experiências onde a auto-hemoterapia foi aplicada e funcionou. Inclusive em estudos científicos que resultaram em tese de doutorado, monografias, trabalhos e artigos científicos.

As autoridades da área de saúde precisam olhar técnica e cientificamente para o assunto e não simplesmente tomar o partido dos interesses dos laboratórios farmacêuticos, fortalecendo o lado comercial da atividade médica.  Aos poucos vamos tomando conhecimento de pessoas de qualificação inegável que estão se interessando pela causa da liberação da auto-hemoterapia, cujo uso foi proibido arbitrária, ilegal, desumana e injustamente pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Como se sabe, Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos. Trata-se de uma técnica acessível, pois para utilizá-la basta uma seringa, um chumaço de algodão e um pouco de álcool a cada semana ou de cinco em cinco dias, conforme explica o Dr. Luiz Moura no DVD que gravou sobre o assunto e que pode ser visto no link http://video.google.com/videoplay?docid=-4554320633785209094# .

Leia mais sobre auto-hemoterapia no site http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm

*Jornalista

 

1. O que é auto-hemoterapia?

É uma técnica simples, em que, mediante a retirada de sangue da veia e a aplicação no músculo, ela estimula um aumento dos macrófagos, que são, vamos dizer, a Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) do organismo.

Os macrófagos é que fazem a limpeza de tudo. Eliminam as bactérias, os vírus, as células cancerosas, que se chamam neoplásicas. Fazem uma limpeza total, eliminam inclusive a fibrina, que é o sangue coagulado. Ocorre esse aumento de produção de macrófagos pela medula óssea porque o sangue no músculo funciona como um corpo estranho a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE). Enquanto houver sangue no músculo o Sistema Retículo Endotelial está sendo ativado. E só termina essa ativação máxima ao fim de cinco dias.   

A taxa normal de macrófagos é de 5% (cinco por cento) no sangue e, com a auto-hemoterapia, nós elevamos esta taxa para 22% (vinte e dois por cento) durante 5 (cinco) dias. Do 5º (quinto) ao 7º (sétimo) dia, começa a declinar, porque o sangue está terminando no músculo. E quando termina ela volta aos 5% (cinco por cento). Daí a razão da técnica determinar que a auto-hemoterapia deva ser repetida de 7 (sete) em 7 (sete) dias.   

Essa é a razão de como funciona a auto-hemoterapia. É um método de custo baixíssimo, basta uma seringa. Pode ser feito em qualquer lugar porque não depende nem de geladeira - simplesmente porque o sangue é tirado no momento em que é aplicado no paciente, não há trabalho nenhum com esse sangue. Não há nenhuma técnica aplicada nesse sangue, apenas uma pessoa que saiba puncionar uma veia e saiba dar uma injeção no músculo, com higiene e uma seringa, para fazer a retirada do sangue e aplicação no músculo, mais nada. E resulta num estímulo imunológico poderosíssimo.   

 

PESQUISA DO SITE ORIENTAÇÕES MÉDICAS

ARTIGO DO DR. LUIZ MOURA - AUTO-HEMOTERAPIA

TRANSCRIÇÃO DO DVD COM ENTREVISTA DO DR. LUIZ MOURA

LIVRETO COMPILADO POR OLIVARES ROCHA - TRANSFIRA PARA SEU COMPUTADOR 

ABAIXO-ASSINADO DEFENDE AUTO-HEMOTERAPIA

CFM VOLTA ATRÁS PARA PERMITIR AUTO-HEMOTERAPIA COM TAMPÃO

PELO FIM DE UMA AGRESSÃO À ARTE DE CURAR

 


VISITAS DESDE 17.04.2008:

 

1. DVD DR. LUIZ MOURA

2. MÉDICOS   3. PESQUISA   4. BIBLIOTECA   5. LINKS  

6. HISTÓRICO  

TOPO

ROTEIRO

NATAL RN SITES

FORUM

FALE CONOSCO